Após explosão em residência, homem é preso suspeito de fabricação clandestina de fogos em Guarabira

0
175

Um homem foi preso por policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) nesta terça-feira (4), suspeito de fabricação clandestina de fogos de artifício em uma residência em Guarabira, depois de uma explosão que acabou ferindo uma mulher de 37 anos de idade. Na residência, os policiais encontraram 3 mil bombas chilenas, do tipo palito, e papéis utilização para a fabricação de fogos de artifício. Por volta das 6h da manhã o Copom recebeu a informação de que teria ocorrido uma explosão em um residência localizada na Faixa da Pista, próxima à sede do 4º BPM.

A guarnição comandada pelo cabo Aldemir se dirigiu até o local e encontrou uma viatura do Corpo de Bombeiros, que constatou que tinha havido uma explosão causada por fogos de artificio na cozinha da residência e que teria vitimado uma moradora, que foi socorrida para o Hospital Regional de Guarabira e, em seguida, para o Hospital de Trauma de João Pessoa. Ao realizarem uma averiguação no interior do imóvel, os policiais militares encontraram as bombas e a matéria-prima, que foram levadas para a delegacia, juntamente com o proprietário da residência.