Após misto de AVC e Alzheimer, vovó paraibana se torna uma YouTuber de sucesso; veja

0
465

Ela se tornou a avó de seus seguidores e inscritos

Quem é neto sabe que não há lugar melhor que casa de avó, colo de avó ou carinho de avó. Muitas vezes a gente curte até mesmo as repreensões e chineladas que elas possam dar, de vez em quando. Talvez esses elementos, somados ao carisma e espontaneidade, fizeram uma vovó paraibana se tornar uma YouTuber e Influenciadora Digital de grande sucesso nas redes sociais. Com vocês, a ‘Vó da Pomba’.Dona Amália é uma vovó paraibana, da cidade de Barra de Santa Rosa, município do sertão do estado. Hoje ela mora com um dos filhos em Campinas, interior de São Paulo, e foi lá que ela se tornou esse grande sucesso.Com o chinelo mais rápido do Oeste, a super protetora da cisterna está sempre pronta, seja com o guardanapo no sutiã ou com o auxílio do delegado, para lutar contra as forças de João de Cruz, o dono do cabaré de Barra de Santa Rosa. Não entendeu esse a referência? Calma! Já já o texto vai fazer sentido pra você!
Como tudo começou?Antes do grande sucesso da ‘Vó da Pomba’, uma outra página, que seria responsável por lançar a ‘vozinha’, repercutiu muito na web.O perfil “A Pomba”, no Twitter, foi criado pelo neto de dona Amália, há alguns anos. A princípio, segundo o rapaz, o perfil não passava de uma grande brincadeira, que acabou tomando uma proporção gigantesca.“Eu criei o perfil e só como uma brincadeira. Publicava apenas ‘pru’ e alguns gifs de animais, mas isso tomou uma proporção tão grande, que jamais imaginei. Artistas começaram a compartilhar e o perfil cresceu muito”, disse o neto de dona Amália.Munido de todo esse sucesso, o rapaz estendeu o personagem “A Pomba” para outras redes sociais e o sucesso continuou.Com o passar do tempo, Dona Amália se mudou de Barra de Santa Rosa para Campinas, para morar com o filho. Em gravações para suas páginas da ‘Pomba’, o neto de Dona Amália gravava alguns vídeos interagindo com a avó. O público se apaixonou pela simpática senhorinha e pediu para que ele criasse um perfil exclusivo para ela.

“chegou uma hora que eles não queriam mais saber de mim, só queriam saber da ‘vozinha'”

O neto revelou que chegou a relutar um pouco, por ter outros afazeres além de cuidar das páginas que ele administra, no entanto, propôs um desafio. Ele criou um perfil chamado “Vó da Pomba” e estabeleceu uma meta de seguidores para que o perfil continuasse no ar em um determinado tempo.”Eu sempre brinquei com minha vó do mesmo jeito mostrado nos vídeos, só que eu nunca filmava, eu comecei a filmar para os meus seguidores do meu personagem chamado “Pomba”, e chegou uma hora que eles não queriam mais saber de mim, só queriam saber da ‘vozinha’, e todo dia pediam para que eu criasse redes sociais para ela. Eu neguei por meses, meu dia é muito corrido, eu trabalho muito e não teria tempo de administrar mais uma rede social. Mas depois de tanto pedirem eu resolvi criar, só que com uma condição: se a ‘vózinha’ não chegasse a mil seguidores em menos de um dia, eu não daria andamento, eu só falei isso pois sabia que eles não iriam conseguir, tadinho de mim, em menos de 1 hora a vó já tinha mais de 2 mil netinhos”, revelou
CanalNos vídeos, o neto de Dona Amália mostra o dia a dia dela e o quanto ela fica irritada com certos assuntos. Na maioria das vezes o rapaz é o alvo da certeira chinelada da avó, além das ameaças de ir denunciá-lo ao delegado. Ela viveu em uma época na qual “levantar falso” contra uma pessoa era motivo suficiente de procurar o delegado da cidade para resolver a situação. As situações que o neto inventa e pergunta sempre acabam na chinelada ou na ameaça “dar parte dele”.Outra ação do neto que quase sempre termina em chinelada é quando ele tenta entrar na piscina. Por ter morado no sertão da Paraíba, onde é comum ter um reservatório de água na maioria das residências, Dona Amália chama a piscina da casa da família, em São Paulo, de cisterna. Para Amália não se entra na cisterna de jeito nenhum, e o neto faz questão de desobedecer essa regra.Uma mania de Dona Amália, sempre flagrada pelo neto, é o tal do guardanapo no sutiã. O flagrante se tornou corriqueiro nas redes sociais da “vózinha”, tanto que alguns seguidores já a presentearam com guardanapos personalizados.Por fim, o personagem que mais faz a Dona Amália ficar irritada com o neto é o João de Cruz. E o neto fez questão de explicar quem é o tal cidadão.”Eu amo o João de Cruz! Ela nunca falou com ele, não eram amigos, o único erro dele foi ter sido dono do cabaré da cidade da minha vózinha. Como a cidade de Barra de Santa Rosa é muito pequena, todo mundo conhece todo mundo, e pra uma senhora direita que se preza é totalmente errado você ter qualquer tipo de amizade ou relação com o dono do cabaré. Por isso ela fica pistola quando eu cito o nome dele. O João de Cruz mora no Rio de Janeiro, a família dele entrou em contato comigo dizendo que ele assiste e morre de rir com os vídeos”, contou o neto de Dona Amália.

apenas alguns meses atrás conseguimos o diagnóstico que diz que a vó tem um misto de AVC e Alzheimer

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Paraíba masculina mulher macho sim senhor! 👵🏼👡❤️

Uma publicação compartilhada por Vó Da Pomba (@vodapomba) em

Diagnóstico de AVC e  AlzheimerDona Amália sempre morou em Barra de Santa Rosa. No ano de 2014 ela deixou a cidade de passou a morar com o filho em Campinas. Lá ela foi acompanhado por alguns profissionais para cuidar da saúde. Apesar de alguns veículos de comunicação veicularem a condição de Alzheimer, mesmo sem um diagnóstico oficial, a família buscou médicos para investigar mais a fundo o estado de saúde de Dona Amália.”Passamos por vários médicos assim que ela chegou para saber o que realmente a vózinha tinha, cada um dava um tipo de diagnóstico, porém um próximo do outro. Além disso, com o sucesso da vó começaram a surgir algumas matérias na internet sobre ela, sem que fôssemos consultados antes, dizendo que ela tinha Alzheimer. Então vimos a necessidade de um diagnostico final e apenas alguns meses atrás conseguimos o diagnóstico que diz que a vó tem um misto de AVC e Alzheimer”, revelou o neto.O Alzheimer é um dos problemas neurológicos mais comuns entre a população acima de 60 anos. Ele atinge 1,2 milhão de brasileiros e é responsável por 80% dos casos de demência. A doença é caracterizada pelo declínio gradual das células cerebrais. Isso ocasiona a perda de memória e de outras funções, como capacidade de organização e orientação de tempo e espaço. Apesar de não ter cura, o paciente pode ter uma ótima qualidade de vida. Atividades e acompanhamento gradual ajudam a atingir esse objetivo.
Dona Amália frequenta uma escola onde faz várias atividades durante o dia. Lá ela interage com outras pessoas de sua idade e desenvolve suas funções. A espontaneidade da simpática senhora torna caminho para a escola muito divertido, tanto que sempre rende conteúdo para o perfil no Instagram. Essa boa dose de bom humor, cuidado e carinho, todos os dias, faz os dias de Dona Amália muito mais felizes.”Esses tipos de demência não tem cura, mas descobrimos o melhor remédio de todos, que é o bom humor. Tudo que a vózinha faz ou fala vira motivo de risada. Além de mudar o ambiente da minha casa, nós tornamos o dia dela melhor e mais alegre”, afirmou o neto.A alegria que dona Amália e o neto espalham nas redes sociais alcança um público muito diverso, no entanto, os seguidores que têm alguma ligação com alguém da melhor idade interagem bastante. O neto de dona Amália contou ao Portal T5 que o número de mensagens de pessoas com esse perfil é impressionante e que os vídeo da “Vó da Pomba” chegaram a ser recomendados por profissionais.

Com todas essas mensagens acredito sim que estou mudando a cabeça de todos que assistem, mostrando como tratar os idosos com mais amor, carinho, dedicação e bom humor

“Eu recebo mensagens diariamente de pessoas me parabenizando, dizendo que o que eu faço é incrível. São pessoas que tem os avós presentes, aqueles que já não tem mais. Pessoas que moram longe dos avós, que conhecem ou vivem com algum idoso, além de médicos e psicólogos, dizendo que indicam meus vídeos para pacientes e familiares. No entanto eu sempre me perguntava o porquê, afinal, eu apenas estou brincando com minha vó, não estou fazendo nada de mais. Com todas essas mensagens acredito sim que estou mudando a cabeça de todos que assistem, mostrando como tratar os idosos com mais amor, carinho, dedicação e bom humor”.O feed back dos seguidores e ter os vídeos recomendados fez o rapaz ver que estava trazendo uma contribuição para esse público. Assim, o neto passou a dar algumas palestras para compartilhar experiências sobre o dia a dia com a avó. Isso trouxe resultados e um deles ele compartilhou com a gente.”Há algumas semanas recebi uma ligação da escolinha onde minha vó fica, uma idosa que não tem nenhuma demência queria falar comigo, ela quis me agradecer pois após o neto dela assistir os meus vídeos e ir na minha palestra, ele começou a tratar ela melhor! Ela me disse que ele esta abrindo a porta do carro e até cortando a carne para ela comer rsrsrs isso é muito gratificante!”, exclamou.

Retorno à Barra de Santa RosaEm dezembro do ano passado, depois de se tornar a ‘Vó da Pomba’, Dona Amália e a família fizeram uma visita à Barra de Santa Rosa. A cidade parou e recebeu a “vózinha” com muita festa. Ela é muito famosa na cidade, tanto que lotou uma casa de show, onde o neto fez uma palestra e Dona Amália foi homenageada.

“Foi incrível, eu não esperava tanto carinho, foi muito mais do que eu imaginei. A cidade toda acompanha ela, conseguimos lotar a casa de show da cidade. Eu estava muito curioso para ver se a vozinha iria lembrar da cidade e das pessoas que ela conviveu a vida toda. Ela lembrou de muita coisa, estava nítida a felicidade em seu rosto, eu fiquei muito feliz e emocionado em ver a alegria dela”, relatou o neto.

Eles permaneceram em Barra de Santa Rosa alguns dias. A estadia rendeu muitos vídeos para o canal dela no YouTube. Após a cidade natal de Dona Amália, a família fez paradas em Natal, no Rio Grande do Norte, e em João Pessoa, cidades onde a “vózinha” recebeu o carinho de muitos fãs, inclusive de nós do Portal T5.

“Vó nós somos seus fãs, queremos muito bem à senhora”, dissemos no encontro.

“Também quero muito bem a você, que o Senhor Deus Todo Poderoso dê muita paz, muita saúde e muita felicidade”, respondeu Dona Amália, com um abraço e calorosos tapinhas nas costas.

Pedimos para fazer uma ‘selfie’ e ela prontamente nos atendeu. Fizemos três fotos e ela exclamou: “Tá vendo, você disse que era uma foto só e tirou três, já tá mentindo e quem mente rouba”. O resultado foi muitas gargalhadas.

Fonte: portalt5