Bale é eleito melhor do Mundial de Clubes; brasileiro é bola de prata

0
212

Atacante balançou as redes três vezes ao longo do torneio

Artilheiro do Mundial de Clubes com três gols marcados, o galês Gareth Bale recebeu o prêmio de melhor jogador da competição neste sábado (22), logo após a goleada por 4 a 1 do Real Madrid sobre o Al Ain que garantiu o sétimo título mundial da equipe espanhola. O brasileiro Caio Lucas, que nunca atuou profissionalmente no país onde nasceu, ganhou a bola de prata como segundo melhor jogador do Mundial e o atacante Borre, do River Plate, que dividiu a artilharia com Bale, foi o terceiro melhor da competição.

Além do prêmio pela artilharia e como melhor da competição, Bale também ganhou homenagem de patrocinadores após a final no estádio Zayed Sports City, em Abu Dhabi. Depois, os jogadores dos três primeiros colocados do Mundial de Clubes receberam medalhas de organizadores do torneio, dirigentes dos clubes envolvidos e membros da cúpula da Fifa, como o presidente Gianni Infantino. Sergio Ramos, em seu 20º título pelo Real Madrid, foi o responsável por erguer mais uma taça. Foi o marfinense Drogba quem levou a taça até o gramado, e Infantino entregou ao capitão do time espanhol.

Apesar da goleada sofrida neste sábado, Caio Lucas deixa o Mundial de Clubes com bons números: ele deu duas assistências (inclusive contra o Real Madrid), fez um gol e foi vice-campeão. Aos 24 anos, o jogador passou por Kashima Antlers e Al Ain na curta carreira, que já passa de 70 gols em 207 partidas. Em entrevista publicada recentemente pelo UOL Esporte, o atacante revelou a vontade de defender um clube brasileiro – ele só passou pelo São Paulo na base. O sonho de jogar no Brasil deve demorar, no entanto, porque ele recebeu sondagens de clubes como Porto e Benfica e pode se transferir para a Europa. Seu contrato no Al Ain vale somente até junho do ano que vem.

Com informações da Folhapress.