Botafogo-PB bate Campinense e coloca mão no título estadual

0
91
Foto: Botafogo/Ascom

Time de melhor campanha, de melhor elenco, o Botafogo-PB deu um passo gigantesco para conquistar o título estadual de 2019. Em pleno Amigão, o Belo venceu o Campinense por 2 a 1 e abriu vantagem na disputa.

Marcos Aurélio e Dico marcaram os gols do time botafoguense, cabendo a Neilson descontar para os rubro-negros. Com o resultado. O Bota joga por um empate, sábado, no Estádio Almeidão, para se sagrar tricampeão, já que venceu os dois últimos estaduais,  sendo o último justamente em cima da Raposa.

No primeiro confronto contra os raposeiros, o Botafogo-PB mostrou porque é considerado favorito ao título. Logo aos sete minutos, Marcos Aurélio abriu o placar cobrando falta.

O time visitante poderia ter ampliado o marcados, se o atacante Nando não tivesse desperdiçado uma penalidade máxima. O jogador cobrou mal, por cima, aos 10 minutos.

Mesmo jogando em casa, com o apoio da torcida, o Campinense só veio levar peigo ao gol de Saulo nos minutos finais do primeiro tempo. Em um deles, João Paulo, sozinho, cabeceou para fora, livre dentro da área.

No segundo tempo, o Belo continuou mandando na partida e envolvendo completamento o adversário. Aos 40 minutos, Dico, que entrara em lugar de Marcos Vinicius, marcou o segundo gol.

Mas, em seguida, o Campinense diminuiu com Neilson, cobrando falta. Já era tarde. Mesmo assim, o time segue vivo para tentar rever o placar no Almeidão, sábado.

Ficha técnica

Campinense x Botafogo-PB

Data: 17/04/2019 – 21h35
Local: Estádio Amigão / Campina Grande
Competição: Campeonato Paraibano 2019 / final (jogo de ida)

Arbitragem: Dewson Freitas; Schumacher Marques e Ruan Neres.

Gols: Marcos Aurélio (aos 7’ do 1ºT) para o Botafogo-PB; Dico (aos 40’ d0 2ºT), para o Botafogo-PB; Neilson (aos 42’ do 2ºT), para o Campinense

Cartões amarelos: Wagner Coradin, Gabriel (C), Rogério (B)

Campinense: Wagner Coradin, Neilson, Jean, Richardson e Vítor Maranhão; Cleber, Romeu (Gabriel), João Paulo e James (João Victor); Chaveirinho (Dênis) e Lopeu. Técnico: Francisco Diá.

Botafogo-PB: Saulo, Israel, Donato, Lula e Fábio Alves; Rogério, Wellington Cezar, Marcos Vinicius (Dico), Marcos Aurélio e Clayton (Adalgiso Pitbull); Nando (Paulo Renê). Técnico: Evaristo Piza.

Fonte: paraibaonline