Governador afirma desconhecer áudios envolvendo secretários e pede cautela

0
327
Foto: Francisco França/Secom/PB

O governador João Azevêdo (PSB) afirmou desconhecer os áudios divulgados na imprensa, que revelam uma suposta conversa entre dois secretários do Estado – Gilberto Carneiro (procurador geral do Estado) e Waldson de Souza (atual secretário de Planejamento e ex-secretário de Saúde) – com um empresário onde acertam suposta fraude em licitação.

Os áudios foram confirmados pelo Ministério Público como parte de uma investigação do Grupo de Operações Especiais (Gaeco), na Operação Calvário II, que investiga fraudes na saúde.

João destacou que não ouviu os áudios e que é preciso ter, neste momento, “cautela”.

– Não ouvi o áudio e não tenho opinião formada quanto a isso. É preciso ter cautela ao se fazer um pré-julgamento ou julgamento – comentou o chefe do Executivo estadual, em entrevista veiculada na Rádio Correio FM nesta segunda-feira, 11.

Fonte: paraibaonline