Menina é atacada por rottweiler enquanto brincava em praia de SP

0
300

Mãe da vítima disse que o cachorro não usava focinheira no momento do ataque

Uma menina de oito anos foi atacada por um cachorro da raça rottweiler, na praia de Bertioga, no litoral de São Paulo. Na manhã deste sábado (2), a mãe da pequena Julia Gabriely revelou ao G1 que o animal não usava focinheira e os donos do animal não ajudaram sua filha.

“Minha irmã me ligou e, quando me virei para atender, já ouvi o grito da minha filha. Ela estava ensanguentada, pedindo socorro”, contou a mãe, Joilda Nunes.

“A funcionária de uma barraca foi me ajudar e indicou quem era o casal dono do cachorro que mordeu a Julia Gabriely. Mesmo com minha filha bastante ferida, fui tirar satisfações com eles. Acabei ouvindo que o cachorro era vacinado, não oferecia riscos e, ainda por cima, recebi um sorriso de deboche”, completou.

De acordo com a reportagem, a menina foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada a um pronto socorro da cidade. Exames constataram que ela os ferimentos não foram profundos.

Joilda diz que vai entrar na Justiça contra o casal, que já foi identificado. “Fui à delegacia registrar boletim de ocorrência e, quando cheguei, o casal já tinha passado por lá. Só que no depoimento deles, eles mentiram, dizendo que tudo aconteceu quando tiraram a focinheira do cachorro para dar água. Nem de focinheira ele estava”, afirmou.

Segundo a reportagem, a prefeitura de Bertioga vai investigar o caso. A gestão informou ainda que as praias da cidade têm placas informando que “fica proibida a circulação e permanência de animais na faixa de areia da praia, ainda que com coleira e em companhia de seu proprietário”.

Fonte: noticiasaominuto