Vídeo: ‘Lei da recompensa’ vai pagar quem denunciar autores de ataques no Ceará

0
61
O governador do Ceará, Camilo Santana, após reunião dos governadores eleitos dos estados do nordeste, em Brasília.

O governador do Ceará, Camilo Santana, anunciou na tarde de hoje (11) uma série de medidas para tentar pôr fim à onda de violência que atinge o estado há quase 10 dias. Integrantes de facções criminosas têm promovido ataques violentos contra órgãos públicos, estabelecimentos comerciais e veículos, além de tentativa de explosão de pontes e viadutos.

O estado não informa publicamente o número de ocorrências, mas estima-se que, desde o último dia 2, mais de 150 atos criminosos tenham sido notificados.

No vídeo mostra a convocação de uma sessão extraordinária, para os deputados analisarem de imediato as solicitações para serem aplicadas neste sábado (12), as medidas tomadas são: convocação de policiais que estão na reserva com intuito de reforçar a tropa que está em operação, aumento da quantidades de horas extras que serão pagas a todos policiais civil e militares, além dos bombeiros, de forma que aja um aumento de força de trabalho, criação da lei da recompensa que prevê o pagamento em dinheiro pelo estado, para informações que sejam  prestadas pela população a policia e resultem de prisão de criminosos, convocação de de mais 200 agentes penitenciário do estado do Ceará.